Noticias

Completar o óleo do motor? Trocar? Como agir?

Publicado em 22/02/2017 às 14h24

Completar o óleo do motor? Trocar? Como agir?

Ficar sem óleo é uma preocupação muito mais comum quando um veículo está ficando mais velho. Veículos com mais de 10 ou 15 anos podem desenvolver um de dois problemas: o óleo irá vazar para fora de alguma parte do bloco do motor, ou ele pode queimar durante a combustão. Qualquer um destes levará a um reservatório de óleo com níveis cada vez menores, e que pode levar a graves prolemas, como a formação de borra no motor.

Motoristas de veículos com vazamento ou queima de óleo (o sintoma é fumaça preta saindo do escapamento) precisam estar vigilantes sobre a verificação e substituição do óleo, mesmo entre as mudanças estabelecidas pelo fabricante. É fácil esquecer-se de verificar o óleo, mas é fundamental, especialmente antes e depois de viagens mais longas, para se certificar que você não está inconscientemente contribuindo para destruir o motor.

Verifique o nível de óleo do motor toda semana. Se estiver abaixo do nível estabelecido, complete pouco a pouco, para não exagerar na quantidade. Se o nível baixar muito a cada semana, procure por vazamentos ou verifique o óleo para ver se ele está com uma cor mais escura, o que pode significar que ele está vazando.

Adicione também um condicionador de metais na sua próxima troca de óleo. Um condicionador reduz o atrito entre as partes metálicas e melhora a vida útil do seu motor.

Manter o motor cheio de óleo limpo é um dos aspectos mais importantes de possuir um carro. É fundamental para que ele continue funcionando perfeitamente.

Como você faz a manutenção do óleo do seu carro? O que considera importante nessa manutenção?

 

Fonte  www.carrodegaragem.com  

Comentários (0)

Falta de óleo no motor ou óleo vencido .

Publicado em 22/02/2017 às 14h20

Falta de óleo no motor ou óleo vencido .

Qualquer falta de óleo do motor no sistema, ou até mesmo óleo sujo, levará ao desgaste do motor extremo, e dirigir um carro com baixo teor de óleo pode levar a algumas situações bem ruins. Mas o que fazer quando falta óleo no motor ou quando o óleo está vencido ou velho? Como agir?

Falta de óleo no motor: sintomas

Se você ficar sem óleo do motor, seu motor falhará. Dentro do motor, há partes se movimentando muito rápido, com um monte de fricção potencial. O óleo do motor é o lubrificante que mantém as peças deslizando umas contra as outras suavemente em vez de provocar um atrito que causa desgaste nas peças. Se o motor funcionar sem óleo, começará a moer as peças, e poderá quebrá-las, parando o veículo. Seu motor será danificado e possivelmente arruinado.

Muitos veículos não darão qualquer aviso sobre a falta de óleo do motor até que seja tarde demais. Veículos mais novos tem mais ferramentas de diagnóstico, como uma unidade de sensor de pressão do óleo do motor e ferramentas de painel que podem ajudar a identificar situações de baixo nível de óleo. Em veículos mais antigos, os motoristas muitas vezes precisam verificar manualmente o óleo, pois a luz do óleo no painel não será suficiente para avisá-los de uma situação de baixo nível de óleo. Acompanhar os barulhos do motor também ajuda muito na hora de identificar situações de baixo nível de óleo do motor.

 

Fonte  www.carrodegaragem.com

Comentários (0)

Ar condicionado portátil para carros funciona .

Publicado em 22/02/2017 às 14h12

Ar condicionado portátil para carros funciona Em primeiro lugar, “portátil” em nosso idioma é ligeiramente diferente da ideia de um fabricante de um ar condicionado portátil. ELe é pequeno, fácil de carregar e instalar no veículo. O problema é que ninguém te fala que é preciso carregar o ar condicionado com gelo ou água gelada para que ele sopre o ar frio, e depois que a água esquentar, ele se transforma em apenas um ventilador normal, e geralmente barulhento. Dito isso, vamos agora analisar o real funcionamento desses aparelhos para seu veículo.

 

Vantagens e desvantagens de comprar um ar condicionado portátil para o carro

 

Um ar condicionado tradicional ventila o ar quente para fora do veículo, fazendo uma troca desse ar por um mais frio. O sistema de ar do veículo é feito para economizar energia e resfriar o ar com mais eficiência. Já um ar condicionado portátil não tem essa mesma eficiência. Geralmente, ele vai continuar circulando e resfriando o mesmo ar, que pode ser um processo bem menos eficiente. Além disso, o efeito de resfriamento vai decaindo rapidamente, pois o gelo ou água vai esquentando e o processo de resfriamento vai se tornando cada vez menos eficiente. Uma outra desvantagem é que um ar condicionado portátil para carros é um tanto quanto barulhento. Muitos carros mais silenciosos vão sentir a diferença no barulho, e pode ser um tanto incômodo.

 

Uma vantagem clara da portabilidade é que utilizando alguns adaptadores, é possível ligar o ar condicionado portátil em uma tomada. Em uma viagem, por exemplo, pode ser a salvação quando você e sua família estão em um quarto quente e precisam se refrescar, mesmo que seja usando o aparelho apenas como ventilador.

 

 

 

Comentários (0)

left show tsN fwR uppercase b01n bsd|left tsN fwR uppercase b01ns bsd|show fwR uppercase b01ns bsd center|bnull|||login news uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase bsd b01|content-inner||