Noticias

Comprar SUV vale a pena?

Publicado em 10/03/2017 às 09h45

Comprar SUV vale a pena?

 

SUV baseadas em carros x SUV baseadas em picapes

SUVs baseadas em automóveis (também conhecidas como crossovers) geralmente oferecem atributos associados a carros, como uma dirigibilidade mais leve, melhor economia de combustível, um passeio mais suave e mais confortável, além de mais espaço interior. Veículos utilitários esportivos baseado em picapes são mais resistentes, mas mais pesados, podem rebocar mais peso, e geralmente fornecem uma melhor mobilidade fora de estrada.

 

Tamanho da SUV e perfil do motorista

SUVs são classificas em subcompactas, compactas, de médio porte e de tamanho completo, com uma divisão própria se eles tem duas ou três filas de assentos. Quanto maior o tamanho, maior também a potência do motor, capacidade de reboque, espaço para os passageiros e preço. Há também modelos de luxo em cada um dos grupos, que usam as melhores tecnologias, materiais, e design no carro.

Preço de um SUV

Mesmo as SUV mais compactas custam, pelo menos, 3 vezes o valor de um carro popular básico. Modelos mais luxuosos podem custar 5, ou até 10 vezes mais do que um carro popular simples.

SUV é um carro econômico? E o motor, tem bom desempenho?

SUVs compactos oferecem motores de quatro e seis cilindros. De médio porte normalmente vem de fábrica com motores de seis cilindros, mas podem ser encontrados com motores de 4 ou 8 cilindros. SUVs completos vem com motores V6 ou V8.

Os SUVs mais econômicos de quatro cilindros compactos podem conseguir um consumo razoável, equivalente a um sedã de luxo (entre 10 km/l e 13 km/l), enquanto a maioria dos SUVs de médio porte de seis cilindros consomem um pouco mais (entre 9 km/l e 12 km/l). SUVs completos, com motor a gasolina, são os que mais consomem, mas tem modelos com um consumo semelhante aos SUVs compactos (entre 8 km/l e 12 km/l). Depende muito do motor, do motorista, e do design da SUV.

Segurança de uma SUV

Em praticamente todas as famílias de SUVs você vai encontrar freios ABS, airbags laterais dianteiros, airbags de cortina laterais, controle de estabilidade. Câmeras retrovisoras também são cada vez mais padrão, além de auxílios eletrônicos de alta tecnologia que avisam os motoristas desatentos de intrusões no ponto-cego e colisões iminente. SUVs quase sempre figuram entre os carros mais seguros, tirando ótimas notas nos testes de segurança internacionais.

 

Vale a pena comprar um SUV? A capacidade de passageiros e de carga

O SUV é feito para quem busca espaço interno, tanto para passageiros quanto para malas. Todos SUVs são projetados para transportar pelo menos cinco passageiros. A maioria dos subcompactos e compactos fornecem espaço abundante para as pernas nos bancos traseiros, com vários ajustes que oferecem avanço/recuo dos bancos para estender tanto espaço para passageiros quanto capacidade de carga. O mesmo vale para SUVs maiores, só que estes veículos mais largos são mais propensos a acomodar 3 linhas de assentos. A maioria dos SUVs maiores oferecem um assento na terceira fileira para capacidade adicional de passageiros. Tais assentos são geralmente mais adequados para as crianças, mas vários têm assentos da terceira fileira que pode caber confortavelmente adultos.

Todo SUV permite que você dobre ou remova os bancos traseiros para maior capacidade de carga. Quando o assento traseiro é dobrado, SUVs compactos podem fornecer amplos espaço de armazenamento, enquanto SUVs de tamanho médio tem um porta malas com capacidade mínima igual aos porta malas dos maiores sedãs do mercado. SUVs completos podem oferecer capacidade semelhante a de uma picape compacta.

 

Tipo de tração para uma SUV

SUVs com tração 2WD significa que apenas as rodas dianteiras ou traseiras são motrizes. Veículos 4WD, com tração nas 4 rodas, permitem ao motorista selecionar duas ou quatro rodas. All-wheel-drive (AWD) distribui automaticamente a força motriz em graus variados para as rodas com mais tração, e eles são geralmente mais adequado para todas as condições meteorológicas de condução, em vez de off-road puro. Tração integral geralmente pesa muito menos do que um sistema 4WD (4×4), mas na maioria dos casos, ainda há um impacto na eficiência de combustível. Sistemas de tração parcial tentam minimizar os efeitos na eficiência de combustível.

 

Fonte  www.carrodegaragem.com  

Comentários (0)

Dicas para vender um veículo particular!

Publicado em 10/03/2017 às 09h40

Dicas para vender um veículo particular!

 

Dicas de como vender carros usados: corrija os problemas mecânicos

A prioridade número 1 de um comprador de carros é garantir que eles estão está recebendo um carro mecanicamente perfeito, e que tem recebido uma boa manutenção e cuidados pelo dono. Quaisquer problemas mecânicos que não são consertados antes de uma venda podem afugentar os compradores completamente e convidará vendedores a fazerem ofertas baixas que superestimam o custo de corrigir o problema mecânico. Se há questões que você escolher não corrigir, pelo menos, obtenha orçamentos para o conserto de modo que você possa educar o comprador sobre a magnitude do problema e conseguir um preço maior pelo seu veículo.

 

Faça uma inspeção e revisão geral do veículo

Leve o seu carro para uma inspeção de segurança e revisão geral para garantir que os elementos básicos como pneus, sistema de arrefecimento, nível de óleo, sistema elétrico, iluminação e freios estão todos em boas condições. Enquanto estava lá, pedir-lhes para verificar todos os fluidos. Vale a pena ligar o carro em um scanner para verificar se há algum diagnóstico de falha que não foi apagado, ou algum sensor do veículo que está apresentando problemas.

Cuidados ao vender veículo particular: faça um histórico do veículo

Como os compradores vão perguntar sobre a história do veículo, já deixe pronta toda a história dele, incluindo antigos proprietários, possíveis acidentes (pequenos e grandes) em que o veículo já esteve envolvido, e todas as manutenções que o veículo passa regularmente. Mesmo que o veículo já tenha passado por algum acidente, sendo sincero e bem claro sobre a história, você dará ao novo proprietário mais confiança na compra. Não se esqueça de deixar todos os documentos em dia!

Cuide bem dos detalhes antes da venda

Seja bem detalhista antes de anunciar ou apresentar seu veículo para a venda, incluindo uma limpeza completa do compartimento do motor, suportes para copos, tapetes, bancos, e mais. Proceda com um pedido de remoção de manchas, mande dar aquele brilho nos aros das rodas, limpeza completa no ar condicionado. Além disso, remova todos os adesivos do vidro do veículo, incluindo todos os resquícios de cola. Enquanto isso pode ser relativamente caro, o carro vai se destacar dos outros no mercado e vai garantir ainda mais compradores, mostrando que você cuidou de seu veículo. Você pode ir um passo a mais, e até remover arranhões do veículo. Se você fumou em seu carro, transportou animais de estimação, ou tem manchas incomuns ou desgaste nos assentos do seu carro, invista no conserto desses problemas antes da venda. O custo geralmente não é tão caro, e há produtos que podem deixar seu carro literalmente com cheirinho de novo.

Um veículo limpo é uma venda feliz

Mantenha seu veículo limpo. Lave-o pelo menos vez por semana enquanto ele estiver à venda e antes de cada vez que for levar para um comprador ou feira. Se você estiver usando o carro enquanto ele está à venda, lembre-se de manter o interior com a melhor condição possível.

 

Crie uma boa história para vender seu veículo

Escrever 4 ou 5 frases completas que descrevam o ano, marca, modelo, a quilometragem, condição, características e qualquer história única que os compradores vão querer saber sobre o veículo. Se o seu veículo se envolveu em algum acidente, divulgue os detalhes junto com os reparos que foram feitos e se existem quaisquer efeitos duradouros. Acidentes, problemas mecânicos persistentes (que sejam comuns no modelo do veículo) e problemas de cosméticos não vão necessariamente estragar um negócio, mas mentir sobre o veículo vai. Mantenha sua descrição breve mas incluindo todos os fatos que você gostaria de saber como um comprador.

Faça um preço competitivo para sue veículo

Confira a tabela FIPE, classificados e sites para se orientar sobre o preço do seu veículo. Tenha em mente que compradores vão sempre esperar algum tipo de desconto. Portanto, esteja preparado no preço quando estiver vendendo, colocando um valor um pouquinho acima do valor de mercado.

Coloque o veículo à venda em vários lugares

Liste seu veículo em vários sites de classificados, bem como jornais e sites de vendas de veículos. Compartilhe fotos e informações em suas Redes Sociais, fóruns, jornais e revistas de sua cidade. Talvez valha investir alguns reais a mais para promover seu anúncio, e dar um destaque especial para seu veículo. Afinal, um comprador não vai comprar seu veículo se ele não encontrá-lo!

 

Fonte  www.carrodegaragem.com 

Comentários (0)

Como escolher um alarme para seu carro?

Publicado em 10/03/2017 às 09h36

Como escolher um alarme para seu carro ?

 

Melhor alarme automotivo do mercado: o básico

Enquanto mesmo o melhor alarme no mundo não pode parar todos os roubos, equipar seu veículo com um alarme vai torná-lo um alvo menos atraente para muitos ladrões. Há quatro fatores principais que podem ajudá-lo a resolver sobre o melhor alarme de carro para seu veículo. Alguns desses fatores são mais importantes do que outros, mas é importante levá-los em conta. Antes de comprar um alarme de carro, considere:

Sensores: os melhores alarmes de carro vem com uma variedade de sensores que são capazes de detectar um roubo em andamento através de uma variedade de meios.

Sirenes outro componente principal que um bom alarme precisa incluir é um dispositivo de ruídos, como uma sirene alta, acionada quando alguém tenta roubar o veículo.

Documentação: bons manuais de instalação, seja no pacote, ou online, são absolutamente vitais se você está pensando em comprar e instalar seu próprio alarme de carro.

 

Qual o melhor alarme automotivo: os sensores

Como os sistemas de segurança do carro dependem de uma variedade de sensores para detectar a presença de um ladrão, este é o fator mais importante a considerar. Os alarmes de carro básicos vem apenas com sensores de porta, mas sistemas mais caros podem ser muito mais complexos. Alguns dos sensores mais comuns incluem:

Sensores de porta: ativam o alarme quando um ladrão tenta abrir a porta.

Sensores de movimento: ativam o alarme quando o veículo é batido ou movimentado.

Detectores de janelas quebradas: ativam o alarme quando uma janela é quebrada através de um microfone que detecta quebra de vidro, ou um sensor de pressão para detectar a mudança na pressão resultante da quebra da janela ou vidro.

Sensores de movimento: ativa o alarme ou emite um aviso sonoro quando o movimento for detectado próximo ao veículo.

Se você está com um orçamento apertado, um alarme básico que só tem sensores de porta é melhor do que nada. No entanto, é muito fácil para os ladrões contornar esses sistemas ao apenas quebrar uma janela. Se você quiser evitar isso, você precisará de um sistema que inclua um microfone ou sensor de pressão. Sensores de movimento também podem ser úteis, uma vez que irão disparar o alarme se um ladrão movimenta seu veículo para trás e para frente ou de um lado para o outro.

Sensores de movimento são úteis se você tiver um conversível, uma vez que permitem que você deixe o teto baixo. Estes sensores são difíceis de calibrar adequadamente, e qualquer movimento dentro ou perto do veículo fará com que o alarme dispare. Isso significa que um vento forte e algumas folhas muitas vezes desencadeia um falso positivo, o que não vai fazer você muito popular com os vizinhos.

Sirenes de alarmes automotivos

Depois que você decidir sobre os sensores que você precisa, você pode começar a pensar sobre a sirene. O objetivo principal da sirene é chamar a atenção para o seu veículo, o que pode fazer o ladrão abandonar a tentativa em favor de alvos mais fáceis. No entanto, a própria sirene também pode dissuadir o ladrão de entrar em seu veículo ou afastá-lo. Algumas sirenes são projetadas para ser montadas dentro da cabine do veículo, caso em que elas podem gerar um nível de som que é realmente doloroso para o ladrão.

 

Fonte www.carrodegaragem.com 

Comentários (0)

left show tsN fwR uppercase b01n bsd|left tsN fwR uppercase b01ns bsd|show fwR uppercase b01ns bsd center|bnull|||login news uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase bsd b01|content-inner||